Quais as diferenças entre empréstimo e financiamento?

Apesar de parecidos, as duas modalidades apresentam diversos aspectos distintos


Está precisando de dinheiro? Em situações assim, algumas das primeiras coisas que vem a nossa cabeça é a opção de fazer um empréstimo e em certas situações um financiamento. E muitos acreditam que as duas modalidades são, praticamente, a mesma coisa. No entanto, estamos aqui para dizer que isso não é verdade.


Essas duas opções de crédito podem até ser parecidas, mas iguais não. Existem aspectos que dizem respeito à cada uma delas de maneiras diferentes e que devem ser levados em consideração no momento de considerar o que é ideal para você.


Por isso, não se confunda. Fica de olho nas dicas que separamos abaixo e descubra quais as diferenças entre empréstimo e financiamento.


Qual o propósito de cada uma delas?


A essa altura da vida, você deve saber que quando um financiamento é feito, o objetivo dele é que o consumidor final consiga comprar/adquirir um bem material. Isso pode variar de pessoa para pessoa, mas o mais comum é no caso de compras de imóveis e carros. Porém, diversas pessoas financiam com objetivos ainda mais específicos como, por exemplo, para investir na expansão de sua empresa ou negócio.


O ponto é que no caso do empréstimo isso é ainda mais ilimitado. O empréstimo - feito da maneira correta - é claro que terá uma finalidade bem definida nas suas mãos, no entanto, é importante deixar claro que esse dinheiro será usado e administrado à sua escolha.


Como chegar lá?


É fato de que para conseguir financiar um imóvel, por exemplo, existe uma burocracia envolvida no processo que o alonga e muitas vezes o impede de acontecer por muitos motivos. Já o empréstimo apresenta diversas opções e modalidade acessíveis que provocam uma taxa de aprovação ainda maior.


Os tão temidos juros


Outra diferença evidente entre o empréstimo e o financiamento são as taxas de juros. Isso varia muito de instituição para instituição e de caso a caso.


No entanto, na maioria dos casos, as taxas de juros do financiamento se tornam menores por conta das condições do negócio - contratuais e jurídicas - de certeza de que a dívida feita com a instituição será paga no futuro.


Gostou do conteúdo? Siga a gente nas redes sociais no Facebook, Instagram e LinkedIn.


Está precisando de empréstimo rápido e fácil? Acesse e converse com a gente!

2 visualizações0 comentário